Clima

Muita chuva no leste de SP

Áreas de instabilidade voltaram a se desenvolver sobre o estado de São Paulo durante a quinta-feira, 16 de janeiro, por causa do calor e da chegada de uma frente fria ao litoral paulista. 

Durante a tarde e a noite da quinta-feira, nuvens carregadas provocaram fortes pancadas de chuva na Grande São Paulo principalmente pelo interior e na Grande São Paulo, mas com a intensificação do vento marítimo, áreas de instabilidade foram se organizando mais e ganhando força sobre o litoral. O vento marítimo leva mais ar úmido para as nuvens, aumentando a chuva. 

Áreas de instabilidade sobre SP no começo da madrugada de 17 /1/2020

 

Por volta das 21 horas, a chuva começou a se intensificar na região da Baixada Santista e na serra do Mar e grandes volumes rapidamente foram acumulados.

Na região de Cubatão/Cota 200, o CEMADEN registrou quase 99 mm em 3 horas, entre 20h e 23h, aproximadamente .

Estas áreas de chuva da Baixada Santista se expandiram para a Grande São Paulo e para o litoral norte do estado.

Mais chuva nesta sexta-feira

A frente fria tecnicamente avança para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira, mas as áreas de instabilidade permanecem sobre São Paulo e provocam mais chuva. A chuva mais volumosa sobre o leste do estado de São Paulo deve ser na madrugada e manhã. Chove também na Grande São Paulo.

Chuva no litoral

Município

Local

Chuva em 3h (mm)

Chuva em 6h (mm)

Cubatão

Cota-200

68.6

111.2

Cubatão

Pinhal do Miranda

57.4

95.6

Ubatuba

Parque dos Ministérios

78.5

78.5

Ubatuba

Ipiranguinha

71.0

71.0

Ubatuba

Marafunda

69.7

70.2

Cubatão

Parque Fernando Jorge

32.6

59.4

Peruíbe

Centro

14.9

56.9

Peruíbe

Parque do Trevo

14.1

54.3

São Vicente

Rodovia Padre Manoel

20.0

53.5

Peruíbe

Parque do Trevo

14.1

54.3

Peruíbe

Jardim Veneza

37.1

50.5

Cubatão

Jardim Nova República

14.7

46.3

Ubatuba

Praia Dura

42.2

42.2

Ubatuba

Perequê-Açu

41.6

41.6

 

Chuva na Grande São Paulo (Cemaden)

Município

Local

Chuva em 3h (mm)

Chuva em 6h (mm)

Embu-guaçu

Jardim Flórida

54.6

75.4

Embu-guaçu

Parque São Lucas

50.4

65.8

Santo André

Borda do Campo

60.0

60.0

Biritiba-mirim

Jardim Jungers

35.0

58.2

Salesópolis

Ponte Nova

30.2

54.2

São Bernardo Do Campo

Vila Esperança

42.9

42.9

São Bernardo Do Campo

Jardim Leblon

42.8

42.8

 

Volumes de chuva na cidade de São Paulo (CGE)

Confira os locais que acumularam mais de 30 mm em 24 horas na cidade de São Paulo, pela medição do CGE. 

O período de 24 horas vai de 23h de 15/1/2020 até 23h de 16/1/2020.

O período de 6 horas vai de 17h até 23h de 16/1/2020 

Bairro

TOT 6h (mm)

TOT 24h (mm)

Chuva max em 1h

Sé-CGE

61.0

76.5

31.7

Santana-Tucuruvi

64.0

68.6

38.4

Tremembé

51.0

51.5

39.3

Freguesia do Ó

32.0

49.0

25.8

Anhembi (Sé)

32.2

48.4

26.4

Riacho Grande/S.Bernardo do Campo

47.6

47.6

25.4

Vila Mariana

41.2

45.2

28.0

Mooca

37.8

42.4

26.0

Campo Limpo

19.6

38.0

18.4

Vila Maria-Vila Guilherme

35.4

37.6

23.6

Santo Amaro

33.2

36.0

19.4

 

Alagamentos do dia 16/1/2020

Com a nova intensificação da chuva na noite da quinta-feira, 16, o CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura - colocou novamente toda a cidade de São Paulo em atenção para alagamentos às 22h20. O estado de atenção foi encerrado às 23h33.

Até 23h50, foram contabilizados no do 51 pontos com alagamento, sendo 16 intransitáveis.

Os córregos Tremembé e Paciência quase transbordaram Na zona norte da capital. 

Segundo a medição automática do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - choveu 48,0 mm no Mirante de Santana, na zona norte, mas em apenas 2 horas, entre 15h e 17h.

Fonte: ClimaTempo

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando