Agricultura e pecuária 4.0: os dados são o novo petróleo

Vivemos em um momento de grandes transformações com o avanço cada vez mais rápido das tecnologias. Com número crescente de dados e informações, velocidade com que as coisas e as mudanças acontecem e a forma como a comunicação se dá entre as pessoas. Essas transformações atingem a todos nós, inclusive, o setor do agro.

Hoje estamos vivendo no mundo 4.0. Mas, o que é o mundo 4.0? É um mundo onde convergem conectividade, digitalização, mobilidade, tecnologias de propósito geral e processamento de dados em nuvem.

A grande transformação que vemos hoje no mundo dos negócios diante do avanço tecnológico bastante acelerado que testemunhamos é: os dados são o novo petróleo. A conceituada revista The Economist que levantou essa bandeira, dizendo que os dados são o novo petróleo pela riqueza e pela importância geopolítica.

Embora os dados sejam muito diferentes do petróleo, faz sentido pensarmos assim. Anteriormente, o mundo tinha como principal riqueza, a terra, ou seja, quem tinha terras, dominava o mundo. Isso foi o que moveu as grandes navegações, a busca por conquista de novas terras e colonização de novos territórios. O ser humano, desde então, aprendeu a regulamentar a terra para evitar concentrações excessivas.

Depois, o domínio passou para a indústria, ou seja, quem tinha máquinas e capacidade de industrialização, dominava o mundo. Hoje, no entanto, quem tem os dados domina o mundo.

Confira no gráfico abaixo as 5 maiores empresas em termos de valor de mercado em 2006 e em 2017.

Percebe-se que há 10 anos, dentre as top 5, duas eram de energia, uma da indústria, uma de dados e tecnologia (Microsoft) e uma bancária. Hoje, as cinco principais empresas estão no mundo 4.0, vivem de dados e possuem esses dados. Quem tem os dados, domina o mundo. 

Trata-se de um mundo novo, principalmente no agro. Podemos utilizar uma analogia para entender melhor o cenário atual, que é a invenção do microscópio. Antes disso, não conhecíamos os microrganismos que existiam, pois era impossível vê-los a olho nu. A partir do momento que começamos a vê-los, desenvolvemos ferramentas para lidar melhor com eles.

O mesmo acontece com os dados. Hoje, estamos conseguindo ver informações, ter acesso a dados, que não tínhamos antes. Porém, tudo ainda é muito novo. Dessa forma, até começarmos a aprender a trabalhar com esses dados, criar relações, vai um tempo e um período de aprendizado.

Por isso, a agricultura e a pecuária 4.0 ainda estão no início desse processo. Certamente, a produção de alimentos será muito diferente do que é hoje dentro de alguns anos em relação à aplicação de tecnologia, uso eficiente dos recursos e assim por diante.
Fonte: MilkPoint 

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando