Rota de escoamento da produção agrícola do MS receberá R$ 932 mi em investimentos

Rodovia MS-306 vai ser administrada pelo consórcio Way-306, vencedor de leilão na B3

Em sessão realizada na B3 nesta quinta-feira (05) foram abertas as propostas para a concessão da rodovia MS-306, que liga os municípios de Cassilândia, Chapadão do Sul e Costa Rica, no Estado do Mato Grosso do Sul. O lance vencedor foi a outorga de R$ 605,3 milhões, apresentado pelo Consórcio Way-306, que vai administrar os quase 220 quilômetros da rodovia durante os próximos 30 anos. O projeto tem investimentos previstos em R$ 932 milhões em obras de infraestrutura na rodovia ao longo do período de concessão.

O consórcio é formado pelas empresas GLP, Engenharia e Comércio Bandeirantes, TCL, Senpar e TORC. Segundo o diretor de Investimentos em Infraestrutura da GLP Brasil, Danillo Marcondes, o consórcio reúne quatro companhias com know-how em concessões rodoviárias, unindo-as à experiência da GLP em investimentos no setor de logística. 

As empresas Engenharia e Comércio Bandeirantes, TCL e Senpar são ex-acionistas da concessionária de rodovias MGO. Já a TORC é acionista da concessionária TEBE. “A MS-306 é rota para o escoamento da produção de grãos de uma região importante para o agronegócio brasileiro em direção aos portos do Sudeste”, comenta Marcondes. “Os investimentos na revitalização da rodovia vão contribuir com o desenvolvimento do potencial da região e também com a economia de todo o País.”

Fonte: DATAGRO

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando