Uruguai: valor das exportações de lácteos cai 7% este ano

No acumulado dos dez primeiros meses de 2019, o faturamento das exportações de lácteos do Uruguai foi menor do que no mesmo período de 2018, determinado por uma queda nos volumes da maioria dos produtos principais e, em alguns, devido a preços mais baixos, conforme relatado pelo Instituto Nacional do Leite (Inale).

De janeiro a outubro de 2019, as exportações de lácteos do Uruguai somaram US$ 512 milhões – após negócios de US$ 50,9 milhões em outubro – representando uma queda de 7% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Comparando os primeiros dez meses de 2019 aos de 2018, o leite em pó integral teve queda de 6% no faturamento (US$ 325,3 milhões) e 6% em volume (106.585 toneladas), com preço médio de US$ 3.010 por tonelada nas negociações de outubro deste ano (9% a mais que em dezembro de 2018 e 1% a mais comparando os primeiros dez meses deste ano com os primeiros dez meses de 2018).

No caso do leite em pó desnatado, o faturamento foi semelhante (US$ 28 milhões) e houve uma queda de 8% no volume (12.269 toneladas), com preço médio de US$ 2.575 por tonelada em outubro (28% a mais que em dezembro de 2018 e 8% a mais, comparando os primeiros dez meses deste ano com os primeiros dez meses de 2018).

O queijo teve uma queda de faturamento de 13% (US$ 88,1 milhões) e de 12% no volume (21.022 toneladas), com preço médio em outubro de US$ 4.010 por tonelada (9% a menos que em dezembro de 2018 e 1% a menos comparando os primeiros dez meses deste ano com os primeiros dez meses de 2018).

Finalmente, a manteiga apresentou uma queda de 5% no volume de negócios (US$ 48,7 milhões) e aumento de 2% no volume (10.070 toneladas), com preço médio em outubro de US$ 4.867 por tonelada (8% a mais que em dezembro de 2018 e 7% a menos na comparação dos dez primeiros meses deste ano com os dez primeiros meses de 2018).

Os registros derivam de uma análise realizada pelos técnicos da Inale com base em dados do Serviço Nacional de Alfândegas.

As informações são do El Observador, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando