Embarques de cafés diferenciados crescem 35,8% de janeiro a setembro

Exportações da categoria alcançam 5,6 milhões de sacas nos primeiros nove meses do ano

Os embarques de cafés diferenciados [aqueles que têm qualidade superior ou algum tipo de certificação sustentável] atingiram 5,6 milhões de sacas no acumulado dos nove primeiros meses do ano, alta de 35,8% na comparação com igual período do ano passado, apontam dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

A categoria foi responsável por 18,6% do volume total de café exportado de janeiro a setembro. Considerando o mesmo intervalo, a receita cambial gerada com a exportação de cafés diferenciados foi de US$ 886,6 milhões, 23,3% do total obtido no período.

Os principais destinos de cafés diferenciados foram, respectivamente: EUA, que importaram 1,4 milhão de sacas (24,2% do volume total embarcado no ano civil); Alemanha, com 707,6 mil sacas (12,5% de participação); Japão, com 644,9 mil sacas (11,4%); Bélgica, com 555,5 mil sacas (9,8%); Itália, com 533,8 mil sacas (9,4%); Canadá, com 233 mil sacas (4,1%); Reino Unido, com 162,9 mil sacas (2,9%); Suécia, com 158,2 mil sacas (2,8%); Espanha, com 115,6 mil sacas (2%); e Holanda, com 105,1 mil sacas (1,9%).

Fonte: DATAGRO

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando