Governo dos EUA fará pagamentos de US$ 303 milhões para cobertura de margem dos produtores de leite

A Federação Nacional de Produtores de Leite dos EUA (NMPF) informou que o programa de cobertura de margem dos produtores de leite, Dairy Margin Coverage (DMC), pagará pouco menos de US$ 303 milhões em 2019 para 22.631 produtores de leite do país. Isto equivale a um pagamento médio de US$ 13.385 por fazenda registrada.

A NMPF também observa que o antigo programa de proteção de margem pagaria apenas US$ 75.000 no total, ou cerca de US$ 3 por fazenda. O programa DMC aumentou a cobertura da margem para US$ 21 a cada 100 quilos e também incluiu os preços da alfafa de qualidade para produção de leite, em vez dos preços médios da alfafa. Combinados, isso resulta no aumento de pagamentos para US $ 302.906.825.

Os produtores de leite de Wisconsin que se inscreveram no programa receberão, no total, quase US$ 68 milhões. Os da Califórnia, Minnesota e Nova York receberão mais de US $ 25 milhões e os da Pensilvânia receberão mais de US$ 22 milhões.

A inscrição no programa 2020 começou nesta próxima segunda-feira, 7 de outubro. “Incentivamos os produtores que ainda não se inscreveram nos cinco anos de cobertura de margem de laticínios a renovar sua inscrição para 2020 e para os produtores que decidiram não participar do programa de 2019 para considerá-lo no futuro”, disse Jim Mulhern, presidente e CEO da NMPF.

As informações são do Dairy Herd Management, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando