Conab libera sistema para receber propostas de Formação de Estoques da agricultura familiar

As organizações de agricultores familiares interessadas em apresentar propostas de participação na modalidade CPR-Estoque, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), já podem transmitir seus projetos por meio do PAAnet/SigPAA. O sistema está aberto desde o dia 1º de outubro, com previsão de encerramento no dia 20 deste mês. As primeiras contratações devem ocorrer a partir de 23 de outubro.

Como uma das modalidades do PAA operada pela Conab, a CPR-Estoque foi criada para apoiar as organizações da agricultura familiar na aquisição da produção de seus filiados, por ocasião da colheita, e na formação de estoques, que posteriormente poderão ser comercializados com preços mais vantajosos para os agricultores.

Os projetos serão classificados conforme critérios preestabelecidos pela Conab em conjunto com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que liberou os recursos destinados a esta ação. O valor máximo de cada projeto é de R$ 200 mil.

Entre os critérios de pontuação destacam-se: propostas de participação oriundas de organizações localizadas nas regiões Nordeste ou Semiárida, daquelas situadas nos territórios prioritários das ações concentradas do Plano de Ação para o Nordeste (Agronordeste) e novas organizações que não tiveram projetos formalizados desde 2013. Outras pontuações também serão dadas para projetos que envolvam produtos da cadeia da ovinocaprinocultura, que tenham a participação de mulheres e de Povos e Comunidades Tradicionais.

Caso haja empate entre as propostas, haverá critérios específicos para o desempate, nessa ordem: percentual de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), localização na Região Nordeste, menor valor e ordem de apresentação das propostas.

Agronordeste – A abertura das inscrições ocorre no âmbito do AgroNordeste, Programa criado para apoiar o desenvolvimento da região. Oficializado em agosto, o objetivo do programa é apoiar a organização das cadeias agropecuárias regionais para ampliar e diversificar os canais de comercialização, promover e fortalecer a organização dos produtores e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado.

Fonte: Conab

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando