Ministério da Agricultura estreita relações com a Arábia Saudita

A Arábia Saudita consumiu cerca de 23% do total de frutas exportadas pelo Brasil em 2018, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Nos últimos anos, sua participação cresceu e existe potencial de aumentar ainda mais nos próximos, já que os saudistas visam ampliar o acesso às frutas nacionais, segundo comunicado do Ministério da Agricultura, publicado na terça-feira (17).

Em viagem à Arábia Saudita, a ministra da agricultura Tereza Cristina participou de encontros com investidores locais, que mencionaram o interesse em estreitar as relações com o Brasil e ampliar a pauta de investimentos – antes concentrada em frango, açúcar e carne bovina. Considerando que os sauditas importam 80% dos alimentos que consomem, existe, então, um expressivo espaço para que os países trabalhem de forma conjunta.

Aos sauditas, a ministra ressaltou que o Brasil é um dos poucos países com condições de produzir alimentos de forma a atender à crescente demanda global – porém, necessita de investimentos internacionais em algumas áreas, como logística e processamento, o que ajudaria a tornar o agronegócio brasileiro ainda mais competitivo. A ministra reafirmou, ainda, que o presidente da república Jair Bolsonaro irá visitar o país em outubro, no intuito de incrementar os negócios.

Fonto: Cepea/Hortifrúti

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando