Agronegócio

Crop Tour indica menos vagens nas lavouras de soja em Ohio e Dakota do Sul

Destaque Rural

As primeiras estimativas do Crop Tour, realizado pela consultoria americana Pro Farmer, foram divulgadas no final desta segunda-feira (19). Uma das expedições mais tradicionais a percorrer o Meio-Oeste norte-americano trouxe um panorama sobre as safras de milho e soja na temporada 2019/20 nos EUA.

Em Dakota do Sul, a produtividade média apontada para as lavouras de milho ficou próxima de 163 sacas do grão por hectare. O número ficou abaixo do registrado no mesmo período de 2018, de 188,4 sacas por hectare.

Na soja, a contagem de vagens em um espaço de 3 por 3 pés ficou em 832,35 vagens no estado. Assim como no cereal, a projeção está abaixo do observado em igual intervalo do ano anterior, de 1024,72 vagens.

A expedição também trouxe as primeiras perspectivas das lavouras das duas culturas para o estado de Ohio. Para o milho, o rendimento médio projetado foi de 163,35 sacas por hectare, contra as 190,05 sacas por hectare indicadas em 2018.

Para a oleaginosa, a contagem de vagens ficou em 764,01 em um espaço de 3 por 3 pés. Em igual período de 2018, o número estava em 1248,20 vagens.

Publicado por Fernanda Custódio

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Trabalha há mais de 6 anos com produção de conteúdos jornalísticos para o agronegócio.

Enviando