Mandioca: Estiagem interrompe colheita e preocupa mandiocultores

As lavouras de mandioca atualmente disponíveis para colheita são as que foram plantadas desde meados de 2018, caracterizadas como raízes de 1º ciclo. Mesmo assim, produtores consultados pelo Cepea, especialmente aqueles com necessidade de se capitalizar, têm mostrado interesse na comercialização. As dificuldades encontradas estiveram relacionadas especialmente ao clima seco, que interrompeu a colheita e o plantio e preocupa produtores que realizaram o plantio em semanas anteriores.

Na semana anterior, houve expressiva diminuição na oferta de raízes para as fecularias, inclusive para as que buscaram se abastecer em áreas mais distantes. Aquelas que não optaram por esta alternativa – e que dispõem de estoques – chegaram a interromper as atividades, tendo em vista a realização de manutenção. Assim, as variações de preços se divergiram dentre as regiões, fato que é incomum. A média semanal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia ficou em R$ 311,30 (R$ 0,5414 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg) de 12 a 16 de agosto, ligeira queda de 0,1% frente ao valor médio do período anterior. 

Fonte: Cepea

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando