Agronegócio

Investidores se posicionam antes do USDA e preços sobem na CBOT

08/08/2019
Investidores se posicionam antes do USDA e preços sobem na CBOT

Fonte: Sec. de Agricultura do RS

Investidores se posicionam antes do USDA e preços sobem na CBOT

Destaque Rural

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os preços futuros da soja e do milho fecharam o pregão desta quinta-feira (8) em campo positivo. Na oleaginosa, os ganhos superaram os 16 pontos e, no milho, as valorizações ficaram acima de 4 pontos.

Conforme dados da Reuters Internacional, os preços das duas commodities subiram com os participantes do mercado se posicionando antes do relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O boletim será divulgado na próxima segunda-feira (12) e trará novas estimativas sobre a safra 2019/20 no país.

O próximo relatório atualizado de áreas plantadas do USDA deixa alguns analistas e comerciantes de grãos nervosos, disse Jerry Gidel, economista agrícola do Price Futures Group.

“Acho que algumas pessoas não esperavam que o USDA voltasse e mudasse quase todos os números de estado por estado”, disse Gidel.

A expectativa é que o relatório traga um foco ao mercado no curto prazo em meio a avaliações de mercado amplamente diferentes da área plantada nos EUA nesta temporada. Para o milho, a aposta é que o departamento revise para baixo a área cultivada nesta safra.

Em contrapartida, as preocupações permanecem no mercado de soja em decorrência da continuidade da guerra comercial entre EUA e China.

"A China suspendeu as compras agrícolas norte-americanas em uma guerra comercial cada vez maior com Washington, enquanto a demanda chinesa global por soja deve ser cortada por uma doença suína que dizimou o maior rebanho de suínos do mundo", destacou a Reuters Internacional.

Publicado por Fernanda Custódio

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Trabalha há mais de 6 anos com produção de conteúdos jornalísticos para o agronegócio.

Enviando