Das normativas às exportações

Por Fabrício Nascimento*

O sonho da grande maioria dos produtores de leite brasileiros tornou-se realidade neste dia 23. Finalmente vamos exportar para a China!

Mas o que as instruções normativas tem a ver com isso ? Não é de hoje que eu escrevo que o que travava nossa exportação era a qualidade. Então a validação das novas normativas veio para se somar aos esforços que estavam sendo feitos para se conseguir exportar lácteos.

Qualidade de leite não é exigência, é obrigação!

Produzimos com qualidade por ter consciência da importância deste alimento para todas as faixas da nossa vida. Esta qualidade que sai da nossa propriedade, aliada  ao trabalho sério da indústria, chegará a mesa  do consumidor chinês. Que seja esta a primeira de muitas negociações de grande porte para o nosso leite!

Ao invés de nos preocuparmos com a importação de leite, vamos focar na exportação, garantindo um produto de qualidade e volume que atendam às necessidades do mercado externo. O momento é promissor, não podemos deixar isso esfriar, vamos aproveitar a exportação e nos especializar cada vez mais.

Fonte: MilkPoint*

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando