Agronegócio

Cadastro de aplicadores de agrotóxicos hormonais começa a funcionar no RS

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural colocará no ar nesta terça-feira (16) o sistema que permitirá o cadastramento de aplicadores de agrotóxicos hormonais no Estado. O cadastro foi determinado pela Instrução Normativa 06/2019 da Seapdr, que estabelece regras para o cadastro dos aplicadores de produtos agrotóxicos hormonais e a necessidade do produtor prestar informações sobre o uso do produto. O acesso ao sistema está disponível neste link.

O cadastro também poderá ser feito presencialmente nas Inspetorias de Defesa Agropecuária, mediante apresentação de cópia ou original de documento de identidade e CPF do aplicador, certificado do curso de boas práticas agrícolas na aplicação de agrotóxicos e histórico do conteúdo ministrado.

Neste primeiro momento, 24 municípios devem atender a esta regra, no período de julho de 2019 a maio de 2020. São eles: Alpestre, Bagé, Cacique Doble, Candiota, Dom Pedrito, Encruzilhada do Sul, Hulha Negra, Ipê, Jaguari, Jari, Lavras do Sul, Maçambará, Mata, Monte Alegre dos Campos, Piratini, Rosário do Sul, Santiago, São Borja, São João do Polêsine, São Lourenço do Sul, Santana do Livramento, Silveira Martins, Sobradinho e Vacaria.

Agrotóxicos hormonais

Os agrotóxicos abordados pela IN 06/2019 são os que têm como ingrediente ativo principal as auxinas sintéticas, que são substâncias reguladoras do desenvolvimento vegetal. São elas:

  • 2,4-D
  • Aminopiralide
  • Clopiralida
  • Dicamba
  • Fluroxipir-meptílico
  • MCPA
  • Picloram
  • Quincloraque
  • Triclopir-butolítico 

?Fonte: Sec. de Agricultura do RS

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando