Citros: Acordo comercial deve beneficiar o mercado de suco

A aprovação do acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia deve beneficiar as exportações de produtos agrícolas brasileiros, incluindo citros e suco de laranja. Assim, a perspectiva é de que as grandes indústrias brasileiras de suco adotem estratégias para ampliar a competitividade no mercado europeu. Conforme a CitrusBR (Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos), atualmente, as tarifas médias para a entrada do suco de laranja brasileiro no mercado europeu variam de 12% a 15% – dependendo do produto. O novo acordo, por sua vez, prevê alterações que podem chegar a zero em até 10 anos (a partir da entrada em vigor).

O acordo, portanto, poderia favorecer a participação e a competitividade do suco de laranja brasileiro no bloco. Quanto ao mercado interno, no de mesa paulista, de acordo com pesquisas do Cepea, a demanda por laranja esteve limitada nos últimos dias, ao mesmo tempo em que a oferta continua se elevando nas roças. Contudo, a variedade pera ainda tem sido negociada a patamares considerados firmes, devido ao maior ritmo de processamento das precoces de 2019/20. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a pera é negociada a R$ 17,80/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 2,5% frente à semana anterior.

Fonte: Cepea

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando