Com foco no clima e compras técnicas, preços da soja e do milho sobem na CBOT

Destaque Rural

Os preços futuros da soja e do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) subiram no pregão desta quarta-feira (3). Os principais vencimentos do cereal acumularam valorizações de mais de 4%, já no caso da oleaginosa, os ganhos superaram 1%.

De acordo com informações da Reuters Internacional, as commodities fecharam a sessão em alta com compras técnicas e com os comerciantes ajustando posições antes do feriado do Dia da Independência, comemorado nesta quinta-feira (4) nos Estados Unidos.

Além disso, os mercados continuam sendo direcionados pelas especulações sobre a safra 2019/20 norte-americana. "Permanecem algumas preocupações com a cultura do milho e da soja após enchentes históricas no Meio-Oeste dos EUA, que atrasaram o plantio da nova temporada", destacou a Reuters Internacional.

No início da semana, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) manteve em 56% o índice de lavouras de milho em boas ou excelentes condições, até o último domingo. O número ficou abaixo das expectativas dos investidores, que aguardavam uma melhora para 58%. Em igual período do ano anterior, o índice estava em 76%.

No caso da soja, o USDA também manteve em 54% o índice de lavouras em boas ou excelentes condições. "A incerteza vem com o clima de julho. Chuvas e temperaturas mais baixas são o motivo extra para se preocupar esse ano", disse Brian Basting, da Advance Trading.

Porém, as previsões climáticas são favoráveis, sem ameaças reais no horizonte, informou Matt Zeller, da FCStone, em nota.

Com informações da Reuters Internacional

Publicado por Fernanda Custódio

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Trabalha há mais de 6 anos com produção de conteúdos jornalísticos para o agronegócio.

Enviando