EUA ampliam prazo para importações chinesas antes de elevar tarifas

Fernanda Custódio/Destaque Rural

 

De acordo com informações reportadas pela Reuters Internacional, autoridades dos Estados Unidos estão concedendo aos exportadores chineses mais duas semanas para levar seus produtos aos EUA antes de elevar as tarifas sobre esses itens. Os dados foram divulgados em uma notificação do governo norte-americano publicada nesta sexta-feira (7).

A representação comercial dos EUA disse que está estendendo o prazo para 15 de junho, ante o anterior de 1º de junho, para que determinados produtos sejam levados ao país sem estarem sujeitos a uma tarifa adicional de 25%.

Ainda nesta quinta-feira, o presidente, Donald Trump, disse a repórteres que as conversas com a China prosseguem. No entanto, não houve encontros bilaterais desde o último dia 10 de maio.

"Nossas conversas com a China, muitas coisas interessantes estão acontecendo. Veremos o que ocorre... eu poderia aumentar ao menos outros US$ 300 bilhões, e o farei na hora certa", disse Trump a repórteres, sem especificar quais bens poderiam se afetados, segundo informações divulgadas pela Agência Brasil.

*Com informações da Reuters Internacional e da Agência Brasil

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando