Mandioca: Ritmo de comercialização oscila; preços caem

A baixa rentabilidade da mandiocultura e o clima seco mantiveram a maior parte dos agricultores afastada da comercialização nas regiões acompanhadas pelo Cepea. Porém, alguns produtores aumentaram as entregas, inclusive de raízes de 1º ciclo, devido à necessidade de se capitalizar para o plantio da safra 2019/20, para saldar compromissos financeiros e também pelo melhor rendimento de amido.

Ao mesmo tempo, devido à baixa liquidez nos mercados dos derivados, especialmente no da fécula, a demanda por mandioca se enfraqueceu, e parte da indústria diminuiu a moagem, chegando até a interromper a atividade por alguns dias. Assim, as cotações da mandioca caíram na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea. Entre 20 e 24 de maio, o preço médio a prazo para a tonelada posta fecularia foi de R$ 314,69 (R$ 0,5473 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), queda de 1,4% frente ao período anterior.

Fonte: Cepea

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando