Emater/RS-Ascar e Cresol discutem proposta de criação de aplicativo para gestão agrícola

A Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), e a Cresol estão fixando uma parceira que tem como objetivo desenvolver uma ferramenta de suporte e controle para auxiliar o produtor rural na tomada de decisão, planejamento, monitoramento dos custos de produção e outros fatores importantes associados à produção agrícola. Em uma reunião com o presidente da Cresol de Constantina, Bráulio Zatti, no último dia 30 de abril, o diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, e o gerente regional de Frederico Westphalen, Luciano Schwerz, discutiram os objetivos e a viabilidade de realizar essa ação em conjunto, que prevê o uso de recursos digitais, como um aplicativo, para otimizar e qualificar a interface do trabalho realizado pela Emater/RS-Ascar com seus públicos assistidos.

De acordo com as entidades envolvidas no projeto, essa ferramenta compreenderá diferentes aspectos, iniciando pelo planejamento, aonde o produtor poderá focar no potencial da região onde está situado, e será capaz de decidir sobre os fatores de produção, tudo isso dentro de uma ferramenta que o ajudará a tomar as decisões, que vão desde o material genético utilizado na lavoura, a população de plantas, estratégias de manejo de fertilizante, etc.

Com essa ferramenta o agricultor também poderá fazer a gestão da sua atividade agrícola, compreendendo melhor a sua atividade. "Essa ferramenta será abastecida pelo agricultor, com apoio dos extensionistas. Ali ele informará sobre sua atividade ou sobre um cultivo específico, descrevendo a época de semeadura, o material implantado, adubação, tempo gasto nas operações, práticas de manejo, entre outras informações referentes à prática realizada", explicou o gerente regional Luciano Schwerz.

O objetivo é que, ao final do ciclo da safra, o produtor tenha acesso a indicadores de eficiência, de produtividade e de rentabilidade, bem como o custo de produção de suas atividades, buscando, assim, tornar o processo cada vez mais eficiente dentro da propriedade rural. "É uma ferramenta dinâmica e que ao final vai proporcionar ao agricultor conhecer os seus custos de produção, seus indicadores de eficiência econômica e produtiva, melhorar a aplicabilidade dos recursos, fazendo um planejamento adequado do seu cultivo, da sua produção agrícola. Com isso também teremos acesso a dados e informações importantes para compreender o cenário agrícola do município, as diferentes práticas adotas pelos produtores e o processo de evolução dentro das diferentes cadeias produtivas. Para a Emater, a Cresol e para a sociedade, vai trazer um conjunto de informações que contribuirão para o conhecimento e melhoria dos sistemas de produção de cada região do Estado", finalizou o gerente.

Essa ação vem ao encontro do trabalho que a Emater/RS-Ascar realiza em todo o Estado com as famílias de agricultores e visa fortalecer esse importante tripé para o desenvolvimento produtivo das atividades agrícolas, gestão, profissionalismo e planejamento. "Estamos firmando essa parceria com esse objetivo, qualificar ainda mais nosso trabalho, em benefício do nosso público assistido. Este é um passo importante que estamos dando e contribuirá na qualificação das práticas desenvolvidas pelo produtor rural", salientou o diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri.

Fonte: Emater/RS

Matheus Basso
Publicado por Matheus Basso

Estagiário de Jornalismo

Enviando