Ministros sul-americanos debatem mudanças nos sistemas alimentares

Os ministros da Agricultura de países da América do Sul se reuniram nesta quarta-feira (7) para debater a transformação dos sistemas agroalimentares rumo ao desenvolvimento sustentável e tratar de uma posição conjunta para a Cúpula Sobre Sistemas Alimentares, que será promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro deste ano. 

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, destacou que a América do Sul terá um papel de protagonismo nas próximas décadas no atendimento sustentável da crescente demanda mundial por alimentos. 

“A agropecuária sul-americana deveria, assim, estar no centro do processo de construção dos sistemas alimentares do futuro”, disse. 

Entre as preocupações apresentada por Tereza Cristina a seus pares sul-americanos está a necessidade de reconhecer a diversidade de caminhos existentes para se chegar a sistemas agroalimentares mais sustentáveis. “O foco das discussões deveria ser na disseminação de melhores práticas e técnicas produtivas que permitam conciliar produção com conservação. Essa é a única forma de garantir a segurança alimentar de uma população global projetada para alcançar mais de 9 bilhões em 2050”. 

Ela destacou que a agricultura não pode ser vista como parte do problema, mas sim reconhecida por seu papel na preservação da biodiversidade, na conservação de solos e mananciais, na recuperação de pastagens e na redução das emissões de gases do efeito estufa. 

Também participaram da reunião os ministros da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Venezuela. 

O objetivo da Cúpula de Sistemas Alimentares é extrair as melhores evidências, ideias e experiências de todo o mundo para informar novas e mais sustentáveis diretrizes para os sistemas alimentares. O evento é convocado pelo secretário-geral da ONU como parte da Década de Ação para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030. 

Larissa Schäfer
Publicado por Larissa Schäfer

Formada em Jornalismo pela Universidade de Passo Fundo (UPF).

Enviando