Algodão: indicador segue em queda e volta a patamar de fevereiro

O mercado de algodão em pluma continua lento, cenário que vem sendo observado desde a segunda semana de março. De acordo com pesquisadores do Cepea, compradores e vendedores estão afastados do spot nacional e sem interesse em fechar novos contratos a termo – apenas negócios pontuais são realizados quando demandantes têm necessidade e/ou quando vendedores cedem. Agentes de indústrias trabalham com a pluma estocada e/ou recebida por meio de contratos.

Esses agentes estão incertos quanto ao comportamento da demanda nos próximos meses e, por isso, atuam com bastante cautela. Nesse cenário, os preços da pluma seguem em queda, voltando aos patamares observados em fevereiro deste ano. Entre 30 de março e 6 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 0,31%, fechando em R$ 4,7937/lp nessa terça-feira, 6.

Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

Larissa Schäfer
Publicado por Larissa Schäfer

Formada em Jornalismo pela Universidade de Passo Fundo (UPF).

Enviando