Mais chuva para o Sul do Brasil

A semana começou com uma mudança na circulação de ventos sobre o Brasil, o que forçou o aumento de umidade e de calor sobre a Região Sul. No primeiro fim de semana de 2021 fez até um pouco de frio na madrugada, mas as tardes foram quentes. Com o aumento da umidade, nuvens carregadas voltaram a se formar provocando pancadas de chuvas moderadas a fortes nos três estados. O sul do Brasil terá mais chuva até o fim da semana.

Volumes de chuva 

No Rio Grande do Sul, durante a noite da terça-feira, 5 de janeiro, o Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - chegou a registrar cerca de 38 mm em apenas 3 horas na região de Três Coroas e quase 35mm, também em 3 horas, na região de Igrejinha. São Sebastião do Caí acumulou quase 27 mm em 3 horas.
 
Os volumes de chuva no Paraná foram elevados em algumas localidades no período de 24 horas. Confira alguns volumes registrados pelo Cemaden, entre 22 horas do dia 5 e 22 horas do dia 6 de janeiro de 2021, aproximadamente
 
Foz do Iguaçu: 97,4 mm
Dois vizinhos: 44,8 mm
Nova Laranjeiras: 42,6 mm
Pato Branco: 40,1 milímetros
 
Em Santa Catarina, várias localidades também acumularam mais de 40 mm em 24 horas
Jaraguá do Sul: 66,8 mm
Guaramirim: 53,2 mm
Joaçaba: 50,4 mm
Garuva: 43,4 mm
Ponte Serrada: 43,0 mm

 
Mas chuva para o sul do Brasil

Ao longo desta semana, o fluxo de ar quente úmido vindo do Norte do Brasil vai continuar direcionado para a Região Sul. Isto vai garantir a formação e permanência de mais áreas de chuva sobre a Região. Além disso entre a sexta-feira e o sábado, 9 de janeiro, uma frente fria vai passar pela costa do Sul do Brasil ajudando a formar mais áreas de instabilidade.

Até o próximo domingo, 10 de janeiro, as pancadas de chuvas serão frequentes em quase toda a Região Sul do Brasil, com risco de raios e de chuva moderada a forte nos três estados. Para esta quarta-feira, 6 de janeiro, o alerta especial é para chuva forte e volumosa para o estado de Santa Catarina.

O centro-sul do Rio Grande do Sul, incluindo a região de Uruguaiana, Bagé e de Santa Maria, deve voltar a secar a partir de quinta-feira. Na sexta-feira, 8 de janeiro, e também no próximo fim de semana, esse ar seco avança sobre o Rio Grande do Sul e deixa quase todo estado sem condições de chuva e com temperaturas bastante elevadas. 

Capitais

Sol, calor e tempo seco devem ser observados na região da grande Porto Alegre entre a sexta-feira e o próximo domingo. As capitais Florianópolis e Curitiba ficam sujeitas a chuvas de forte intensidade até o próximo domingo.

Fonte: ClimaTempo

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando