Serra do mar em atenção para deslizamentos

Trechos da Serra do mar acumularam grandes volumes de chuva nos três primeiros dias de Janeiro. O solo encharcado aumenta o risco de deslizamentos de terra. Segundo a concessionária Tamoios, alguns locais acumularam 70mm e a cota para fechamento, por causa do risco de queda de barreiras é de 100 mm. 

Em função da diminuição da chuva nesta segunda-feira, o trecho de serra da rodovia dos Tamoios saiu do risco de fechamento. Mas é preciso ter atenção porque a situação de risco pode voltar, pois há previsão de mais chuva esta semana

As áreas de instabilidade enfraqueceram sobre o litoral de São Paulo, mesmo assim pancadas de chuva vão acontecer durante quase toda a semana. Nesta terça-feira, 5 de janeiro, só não há previsão de chuva para Baixada Santista e para o Litoral Sul paulista, mas o Litoral Norte poderá ter alguma chuva. 

Confira quanto choveu nos últimos 4 dias em alguns locais do litoral paulista, de acordo com o Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais

Ubatuba/Marafunda: 292,4 mm (média de chuva normal para janeiro é de 312 mm)

Ubatuba/centro: 249,1 mm

Cubatão/Cota 200: 173,6 mm

Praia Grande/Cidade da Criança: 169,4 mm

Caraguatatuba/Rio Claro: 169,1 mm

Na situação atual, com o solo já encharcado em vários trechos da Serra do Mar, não é preciso ocorrer um temporal para começar um deslizamento ou uma queda de barreira. Pancadas de chuva moderadas podem desencadear um desmoronamento.

Quem usa frequentemente o sistema Tamoios para acessar o litoral paulista deve ficar atento aos avisos da concessionária nos próximos dias por que o risco de queda de barreira não pode ser descartado.

Fonte: ClimaTempo

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando