Índice de preços ao produtor de grupos de produtos agropecuários sobe 4,9% em novembro

Com exceção do preço do arroz, todos os itens que compõem o índice de grãos subiram, em especial, milho e soja

Em novembro, o IPPA/CEPEA (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) avançou 4,9%, em termos nominais, frente a outubro. O resultado do índice geral reflete as variações positivas observadas em todos os grupos de produtos, com destaque para o IPPA-Grãos, que registrou alta de 5,5%; seguido pelo IPPA-Pecuária, de 5,1%; pelo IPPA-Cana e Café, de 2,9%; e, de forma mais sutil, do IPPA-Hortifrutícolas, com elevação de 0,7%.

Com exceção do preço do arroz, todos os itens que compõem o índice de grãos subiram, em especial, milho e soja. Na pecuária, o desempenho do índice foi influenciado, principalmente, pelas valorizações do boi e dos suínos e, mais sutilmente, dos frangos e dos ovos. Já as altas nos preços da cana-de-açúcar e do café impulsionaram o desempenho do índice composto por esses produtos. Por fim, para os hortifrutícolas, a elevação foi impulsionada pelo avanço dos preços da batata e, com menor intensidade, da uva e da laranja.

Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos Industriais, calculado e divulgado pela FGV, subiu 2% – logo, de outubro para novembro, os preços agropecuários se valorizaram frente aos preços industriais da economia.
Fonte: Cepea

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando