Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio bate recorde histórico no terceiro trimestre de 2020

27/11/2020
Índice de Confiança do Agronegócio bate recorde histórico no terceiro trimestre de 2020

Recuperação das expectativas para a economia brasileira eleva índice de confiança.

Fonte: Internet

Índice de Confiança do Agronegócio bate recorde histórico no terceiro trimestre de 2020

O levantamento sobre o Índice de Confiança do Agronegócio, realizado pelo Departamento do Agronegócio (Deagro) da Fiesp e a CropLife,  fechou o terceiro trimestre de 2020 em 127,0 pontos, o que corresponde a  15,3 pontos acima do levantamento anterior. É o melhor resultado desde o início da série histórica. Alguns aspectos específicos do setor agrícola, como os preços de soja, milho, açúcar, café e outros produtos contribuíram para a alta, mas o preponderante para o resultado do trimestre foi a recuperação das expectativas para a economia brasileira.

            Em setembro, quando foram realizadas as entrevistas para o índice, crescia a percepção de que problemas causados pela Covid-19 no país estavam sendo superados. De fato, os dados do índice mostram uma expressiva melhora nas perspectivas do agronegócio para a economia brasileira, depois de dois trimestres consecutivos de desânimo. Entretanto, não se trata de uma exclusividade do agronegócio. Houve uma recuperação do entusiasmo em praticamente todos os setores econômicos na comparação com o 2º trimestre, refletida no forte aumento nos índices de confiança dos demais setores da economia, como o Comércio, a Construção Civil e a Indústria.

            A percepção do mercado em geral para o PIB brasileiro em 2020 chegou ao ponto mais baixo em abril e, desde então, vem sucessivamente sendo corrigido para cima, com um resultado menos devastador do que inicialmente era projetado. Aspectos como a reabertura gradual do comércio, o relativo controle de novos contágios do Covid-19, e a sustentação da demanda por produtos essenciais contribuíram para essa melhora do humor dos agentes econômicos. Contudo, é necessário ponderar que deverá continuar havendo grande volatilidade nos fatores que influenciam o cenário econômico, o que poderá influenciar os ânimos nas próximas tomadas.

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando