Agricultura

Colheita do trigo chega a 97% da área total cultivada no RS

O tempo seco predominou o Rio Grande do Sul nesta semana, registrando chuvas esparsas e com pouco volume em locais isolados, o que possibilitou a colheita de trigo nas áreas que ainda estão com o cereal na lavoura. Até o momento, 97% da área plantada no Estado encontram-se colhida, registrando uma boa qualidade, com poucas áreas registrando o PH abaixo de 76. Os municípios que optaram pelo plantio mais cedo são os que apresentam maiores perdas, em contrapartida, os implantados mais tardiamente tiveram os rendimentos acima de três mil quilos por hectare.

Produtividade por município e região

            Em Soledade a produtividade média chegou a 2.900 quilos por hectare; em Erechim, 2.700 quilos; e Ijuí, 2.154 quilos. Nestes municípios s colheita já foi finalizada, registrando peso hectolitro acima de 78. Em São Borja, a produtividade média é de 1.500 quilos por hectare, com redução de 55% com relação à média da safra passada. As lavouras não atingidas pelas geadas em agosto apresentaram produtividade superior, com média de 2.700 quilos.

            No município de Maçambará a produtividade alcançou 2.800 quilos; em Manoel Viana, 1.800 quilos; em Santa Maria, 2.500 quilos. Em São Lourenço do Sul e Jaguarão a produtividades é de 2.400 quilos e 2.700 quilos por hectare, respectivamente.

            Em regiões onde a colheita ainda não foi encerrada, os resultados são parciais. Em São Gabriel, 70% dos cinco mil hectares cultivados já estão colhidos, com rendimento oscilante entre 1.800 e 3.300 quilos por hectare. Já em Passo Fundo, 95% das áreas estão colhidas, e o rendimento médio se mantém em 2.700 quilos por hectare.

            Por fim, na região de Caxias do Sul, a colheita está sendo finalizada nos municípios de menor altitude e segue intensa nos Campos de Cima da Serra, onde o rendimento médio se mantém em bons níveis, com excelente qualidade de grãos e peso hectolitro superior a 78.

Preço por saca

            O preço médio do trigo tem oscilado bastante, registrando queda de 5,26% em relação à semana anterior. Em Cruz Alta, na regional da Emater/RS-Ascar, foi o local com maior valor, chegando a R$ 90,00/sc. de 60 quilos. Em contrapartida, Frederico Westphalen variou entre R$ 78,00 e R$ 84,00/sc.

            Em Bagé e Erechim, o preço é de R$ 80,00; Passo Fundo, R$ 81,00; Soledade, R$ 79,50; Caxias do Sul, R$ 82,00; Santa Maria, R$ 78,10; e em Ijuí, o preço médio é de R$ 79,40.

 

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando