Índia exige que vitaminas A e D seja adicionada ao leite processado por grandes indústrias

Nos próximos quatro meses, a Food Safety and Standards Authority India (FSSAI) exigirá que grandes fabricantes e produtores comecem a fortificar o óleo comestível e o leite com vitaminas A e D, relata a Ingredients Network.

Os alimentos que serão fortificados de acordo com esta nova lei devem manter uma faixa do nutriente especificado entre 30% e 50% da Ingestão Dietética Recomendada (RDA). Essas novas regulamentações não se aplicam a pequenas empresas, como fazendeiros que vendem diretamente ao consumidor, de acordo com o FSSAI.

Atualmente na Índia, a fortificação de alimentos servidos nos sistemas públicos de distribuição de alimentos do país, como escolas ou programas governamentais de assistência alimentar, é necessária, de acordo com os regulamentos governamentais. Embora este seja o padrão para alimentos fornecidos pelo governo desde 2018, o setor privado só começou a seguir o exemplo e fornecer fortificação para certos produtos.

O FSSAI começará a fornecer uma certificação F + às marcas para incentivar uma implementação posterior. As marcas qualificadas que são elegíveis para uma licença F + também podem solicitar ao FSSAI um logotipo de embalagem para sinalizar as adições aos consumidores.

As informações são do Dairy Industries International, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando