Ciclone extratropical provoca chuva e ventos fortes no Sul

Nesta quarta-feira (02), uma área de baixa pressão se desloca sobre o Rio Grande do Sul e dá origem a um novo ciclone extratropical que, à noite, atua na costa do Uruguai. Esse tipo de sistema é associado a mau tempo, pois favorece o crescimento de nuvens carregadas e provoca ventos fortes.

Furacões e ciclones: previsíveis e perigosos

Na quarta-feira, temporais são previstos especialmente para a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, mas a ventania pode atingir também muitas áreas da Região Sul. Os ventos mais intensos, que podem chegar a 85 km/h, são previstos para o sul, leste e nordeste gaúcho (incluindo o litoral, a Serra e a Grande Porto Alegre) e também o sul e a serra catarinense. Nas demais áreas da Região, as rajadas variam de 45 a 60 km/h.

Na quinta-feira (03), esse ciclone se desloca sobre o oceano e dá origem a uma nova frente fria. O tempo fica instável, com condições de chuva e temperatura baixa em grande parte do Rio Grande do Sul e, pancadas de chuva acontecem no decorrer do dia em Santa Catarina e no sul e no sudoeste do Paraná. Ainda há condições para rajadas moderadas a fortes de vento nos três estados da Região.
Além disso, a passagem desse ciclone pelo oceano deixa o mar muito agitado. Entre a quarta e a quinta-feira, as ondas sobem e há risco de ressaca nas praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Fonte: ClimaTempo

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando