Encontro do CAR visa definir estratégias de implantação da análise dinamizada

O VII Encontro de Implantação do CAR iniciou na manhã desta segunda-feira (17) e contou com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, do diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Valdir Colatto. Nesta edição, o evento, que termina no dia 21, vai discutir estratégias de implantação da análise dinamizada do Cadastro Ambiental Rural nos estados e no Distrito Federal. Para a ministra Tereza Cristina, o evento é importante para definir estratégias e prioridades entre o SFB e os órgãos competentes pelo CAR nas unidades federativas para a implementação do Código Florestal Brasileiro.

“O ministério da Agricultura é responsável pela efetiva implementação dessa agenda e vamos fazê-la. Hoje a implantação do CAR é nossa prioridade. Com isso, temos a oportunidade de tornar indissociáveis a conservação ambiental e o desenvolvimento da agropecuária brasileira.  Com o avanço do Código Florestal, traremos segurança jurídica ao produtor rural. Teremos informações estratégicas para coibir a ilegalidade e a oportunidade de estruturar mecanismos econômicos que minimizem os impactos sociais da regularização ambiental. A produção agropecuária integrada à conservação ambiental, gerando renda e desenvolvimento certamente será um ativo importante para o nosso país”, disse a ministra.

O evento também contou com a participação de representantes da Embaixada da Alemanha, do BNDES, do Banco Mundial, da Abema, do Conseagri, do SFB, da Embrapa, da UFLA, secretários estaduais de Agricultura e de Meio Ambiente. 

Empenho conjunto

Para o diretor-geral do SFB, “é preciso contar com o empenho de todos os estados e do Distrito Federal na implantação da plataforma da análise dinamizada”. Valdir Colatto ressaltou os desafios que vão surgir a partir da análise dos cadastros feita pela plataforma ArcGis - sistema de informações geográficas para trabalhar com mapas, informações de georreferenciamento e geoprocessamento - que deve acontecer até o final de setembro.

“O maior desafio que todos nós vamos enfrentar será o trabalho de orientação aos produtores para que possam realmente implementar os dispositivos do Código Florestal Brasileiro, dentro da legislação já aprovada e ajustando os problemas que formos encontrando”, afirmou.

O coordenador do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial no Brasil, Renato Nardello, destacou que “o Brasil tem uma legislação ambiental muito forte, o que é um exemplo para o mundo”. Além disso, afirmou o apoio do Branco Mundial na implementação do Código Florestal Brasileiro por meio da aceleração do Cadastro Ambiental Rural com a integração da regularização ambiental e a fundiária.

Órgãos gestores

O Encontro de Implantação do CAR é realizado anualmente com representantes dos órgãos gestores do CAR nos estados e no Distrito Federal. Este ano, o evento está sendo feito por meio de videoconferência e visa traçar estratégias de implantação da plataforma da análise dinamizada dos cadastros nos estados. O encontro é organizado pela Diretoria de Cadastro e Fomento Florestal do SFB e nesta edição incluiu representantes das Superintendências Estaduais do Mapa.

A partir de quarta-feira, técnicos do Serviço Florestal Brasileiro vão dialogar com as regiões separadamente para as adaptações necessárias em função das particularidades de cada estado e do Distrito Federal, considerando o tamanho continental do país e a complexidade do processo.

A diretora de Cadastro e Fomento Florestal, Jaine Cubas, pretende aproveitar as lições aprendidas na etapa de inscrição para realizar as revisões nos cadastros para a análise e validação das informações. “Assim, poderemos transformar em realidade as formas de condução do monitoramento da vegetação nativa e da aprovação das áreas de reserva legal de imóveis rurais, possibilitando alcance inédito de atuação do poder público em um país como o Brasil, que possui dimensões continentais, particularidades regionais e áreas de difícil acesso”.

O Sistema do Cadastro Ambiental Rural tem mais de 6,5 milhões de imóveis ou posses rurais inscritos, numa área de 544 milhões de hectares.

Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando