Safra de soja na Argentina é elevada para 49,6 mi/t com colheita virtualmente encerrada

A colheita de soja na Argentina está virtualmente encerrada, com 99,4% da área colhida até 10 de junho, segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA). Com isso, a entidade elevou a estimativa de produção da oleaginosa no país para 49,6 milhões de toneladas, 100 mil t acima da estimativa anterior.

"Restam apenas 93 mil hectares a serem colhidos para finalizar a campanha da soja, boa parte dessa área está na região sudeste de Buenos Aires", disse a BCBA, acrescentando que a atualização na safra foi motivada pelos rendimentos vistos em áreas de segunda classe na província de Buenos Aires.

A produtividade nacional da oleaginosa da Argentina, até o momento, é de 29,5 qq/ha (ou 2.950 kg/ha), dentro das expectativas da entidade.

Colheita de soja: Progresso Nacional - Bolsa de Cereais de Buenos Aires


Assim como na soja, as condições climáticas das últimas semanas seguem beneficiando os trabalhos de colheita do milho, que já atingem 61% da área, marcando um avanço anual sobre o comparativo de 2019 de 18,7 pontos percentuais e semanal de 5,4 pontos. A BCBA projeta a safra do cereal em 50 milhões de t.

"As boas condições climáticas reveladas na margem Oeste da área agrícola permitiram o andamento dos trabalhos nos plantios tardios", disse a BCBA. A produtividade nacional do cereal na Argentina, até o momento, é de 87,9 qq/ha (ou 8.790 kg/ha), dentro das expectativas da entidade.

Colheita de milho: Progresso Nacional - Bolsa de Cereais de Buenos Aires


Apesar de chuvas em algumas áreas produtoras da faixa Leste do cinturão agrícola, o plantio do trigo atingiu 41,7% da área na safra 2020/21 da Argentina. Na última semana, o progresso marcou um avanço de 11,7 pontos percentuais e um salto de 5,6 pontos em relação ao ciclo anterior, segundo a BCBA.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, sigla em inglês) atualizou, em seu relatório de oferta e demanda na véspera, a safra de soja da Argentina em 2019/20 para 50 milhões de t ante 51 milhões de t em maio e a de milho permaneceu em 50 milhões de t.
 
Fonte: DATAGRO
Redação Destaque Rural
Publicado por Redação Destaque Rural

Portal Destaque Rural

Enviando